h1

Caloira violada em pleno Enterro da Gata

Maio 16, 2008

 Estou perplexa!! Soube desta notícia hoje de tarde e nem sei como comentar isto…

Como é possível haver pessoas capazes de tal!?! O que me deixa mais abalada com tudo isto é o facto de ser num local tão conhecido, estive lá em duas noites do enterro e o ambiente vivido é de camaradagem, de festa, diversão. O verdadeiro espírito académico, em que os exageros acontecem, é verdade, mas sempre controláveis por quem não quer cometer exageros desmedidos. Que tal sirva de reflexão para muitas pessoas…

“Uma aluna de 18 anos, caloira do Curso de Biomedicina da Universidade do Minho, foi violentamente agredida e violada no recinto do Gatódromo, em Braga, onde ontem à noite terminou o programa do Enterro da Gata 2008 – a festa dos estudantes. Tudo aconteceu na madrugada da passada segunda-feira – segundo dia da semana académica, no Minho.

“Estava na barraquinha do curso e ele arrastou-me. Pensei que queria conversar e beber um copo, nunca desconfiei dele até porque ele é cardeal do curso e tem por dever proteger os caloiros”, contou ao CM a estudante, muito abalada com o caso, pedindo para manter o anonimato.

Eram cerca das 04h00. “Fomos para uma barraca grande que estava vazia e ele tentou convencer-me a ter relações com ele. Eu neguei e até lhe falei várias vezes da namorada dele, que também é caloira do meu curso. Mas ele não ligou e começou a empurrar-me contra a parede e a bater-me. Não conseguia fazer frente à força dele. Estava muito escuro e apesar de gritar, a música estava alta e ninguém me ouvia”, contou a custo.

O agressor terá então arrancado a roupa da caloira. “Fez todo o tipo de sexo. Está toda rasgada, toda pisada, com hematomas na cabeça e até nos seios. As costas estão todas arranhadas e mal consegue andar, porque está toda dorida”, relatou a mãe da vítima que não consegue esconder a revolta perante a brutalidade da agressão. “Depois de fazer tudo o que queria com ela, arrastou-a para fora da barraca e deixou-a lá. Os amigos encontraram-na a chorar, mas pensaram que era fruto dos copos que tinha bebido”, disse a progenitora que só soube da violação um dia depois.

“Ela não contou nada a ninguém porque tinha vergonha. Veio para casa e foi ao Hospital da Póvoa de Varzim fazer exames. Está muito traumatizada e agora diz que não quer saber mais do curso”, conta a mãe, angustiada.”

Correio da Manhã

14 comentários

  1. Olá, bom dia…
    A resposta para tudo isto é só uma…BESTIALIDADE ORGANIZADA E COM ROUPAGENS DE CULTURA E TRADIÇÃO…
    Quando são exaltados e elogiados os valores mais infames da pessoa humana, tudo regado com muitíssimo álcool e não só… o resultado só pode ser ASNEIRADA…
    BJS


  2. Miúdas, tenho 25 anos e já sou doutor. As estudantes da universidade do Minho faziam estas três coisa: juntavam-se, amarravam o rapaz e com uma faca da cozinha afiada amputavam o orgão sexual do rapaz. Miúdas, capem esses ordinários todos!


  3. esta noticia repugnou-me um bocado.

    certo é que fui 4 dias ao enterro da gata. e em nenhum deles sai de lá alcoolizado. por vezes dava por mim a olhar para o ambiente em redor e via atitudes um pouco incompreensíveis , e só explicadas pelo consumo excessivo de álcool. é pena que seja assim , e os jovens tenham que depender tanto do álcool para se divertirem


  4. A mim, esta noticia não me pareceu muito bem contada, ate porque já li no jornal, vi na tv e agora li aqui a supostas declarações da rapariga e nenhuma das 3 batem certo.
    Não digo que isto não tenha acontecido, mas pelo menos contem a verdade a toda a gente, ou a mesma historia.
    Alias, eu tive no recinto nessa noite e as 4h ainda havia muita gente por la.
    Também se os colegas a tivesem visto depois da cena, e ela tivesse a roupa toda rasgada como disse a mãe ela tivesse toda arranhada, os colegas não pensariam que fosse borracheira.
    É claro que a borracheira é sempre a primeira a ser apontada. Assim como o exceso de velocidade para os acidentes.

    Não acreditem em todo o que lhes digam a primeira.

    Fiquem bem.


  5. Concordo. Também acho que há qualquer coisa que não bate certo nesta história toda. Mas acho que vamos ficar sem saber o que realmente aconteceu…


  6. Olá, eu ando na UM e conheço o suposto violador em questão e custa-me imenso acreditar nesta notícia, porque ele é uma pessoa muito simpática e carinhosa e pode continuar a contar com o meu apoio.
    A rapariga em questão é que não é muito credível e podemos classificá-la como atiradiça e se calhar começou e no fim arrependeu-se…


  7. Olá. Até prova em contrário ele será sempre inocente. Mas uma coisa é certa… o ser humano surpreende-nos todos os dias e quando pensamos conhecer uma pessoa somos desiludidos. Por isso, pôr a mão no fogo, apenas por nós mesmos… e mesmo assim… hihihi
    Tive oportunidade de ver um jornal distribuído na UM, o ComUM e, ao que tudo indica, os testes não concluem violação consumada, apenas marcas de agressão… Esperemos maiores desenvolvimentos que eu vou dando notícias por cá😉


  8. Aliás, também acho muito estranho que caloiros e caloiras que eu conheço de biomédica, estejam do lado do cardeal de curso e o defendam em vez de estarem do lado da colega do mesmo ano. Acho que isto já demonstra alguma coisa…


    • Tendo em conta a forma subserviente como funciona a praxe eu não acho nada estranho.


      • Meu caro, este ano fui caloira, participei em praxes até ao final do ano e digo-lhe antes de mais que a praxe serve para INTEGRAR. Pode parecer um pouco subserviente mas se houver algo em que um caloiro se oponha, ele pode-se recusar a fazê-lo. Só vai para a praxe e continua nela quem quer, ninguém é obrigado a nada. Em vez de misturar praxe com este caso, que não me parece ser credível pois nenhuma versão bate certo (e a história é contada pela mesma pessoa), aprenda a separar as águas antes de começar a mandar opiniões mal fundamentadas.
        Como aluna da Universidade do Minho e tendo experiência do evento em questão (sim porque também fui a alguns dias das edições anteriores do Enterro da Gata) o recinto costuma estar cheio e segurança não lhe falta. Como foi noticiado estariam 15000 pessoas lá dentro e maior parte vai para as grandes tendas e por muito alta que esteja a música, alguma coisa se iria ouvir, o que não parece ser o caso.


  9. Violação é algo reprovável e que eu abomino.
    É das coisas que para mim sao imperdoaveis!!!
    Se eu fosse pai,namorado,irmao ou seja o que fosse dessa rapariga esse MONSTRO ia ter aquilo que merecia!!!
    Mas como nao sou,so espero que seja feita justiça…


  10. boas, isto já leva algum tempo, n sei ao certo se já teve ou não alguma resolução, este tipo de coisas “exessos”sempre acontecem em noites quentes como o enterro da gata e outras,e provavelmente uns tantos nunca são noticia…Penso que se assim foi deva o culpado ser castigado e do conhecimento da comunidade até talvez ser reconduzido(s)(a culpa dificilmente é só de um…) a outra instituição de ensino superior que não esta.


  11. Vivo nos Estados Unidos e este caso deu-me asco e tambem vergonha da lei Portuguesa,se fosse na America o violador ia direito no mesmo instante para a cadeia e de la a que vai aos tribunais etc
    em Portugal esta livre comendo,e bebendo ate que torne a violar outras,enquanto os familiares e a propria jovens violadas estao a sofrer.Que tristeza a porque ainha nao tocou nos filhos dos grandes senhores pois deve ser filhos deles que fazem estes trabalhos,so pesso a Deue que nenhuma mae e nenhuma filha passe o que esta familia sofreu e estou muito feliz porque a jovem ganhou o caso so que o bandido ainda anda a solta a espera de violar outra Eu gostava de saber qual a o paiz que depois de se comfirmar que o violador a culpado e ainda anda a solta?vergonha no nosso Portugal a tal e qual como na casa Pia os grandes senhores fizerao o que quizeram a tantas criancas,enquanto seus filhos e netos e eles proprios vivendo nas suas casas a gosto,e as criancas abuzadas sofrendo,que triste vamos a ver se estas lei comecam a ser mais rigorosas para ver se amanha nao seja os teus filhos ou filhas ou sobrinhas porque esta caloia a minha sobrinha e eu tao longe sofri muitissimo chorei com imenssa dor.CUIDA OS TEUS FILHOS PORQUE ESTE BANDIDO AINDA ANDA A SOLTA.


  12. mas alguém sabe o que realmente se passou?!
    para o rapaz ser preso ele tinha de ter culpa no acto e teriam de ter provas! há comentários que são completamente desnecessários e descabidos!
    até podia ter acontecido nas praxes, mas a praxe nao é desculpa nem culpada! a praxe é a diversão académica. podia ter acontecido noutro local qualquer!!



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: