Archive for the ‘Filmes’ Category

h1

The Town

Novembro 1, 2010

Na última ida ao cinema, a escolha de filme recaiu sobre The Town. História cativante, com muita acção à mistura e com alguma previsibilidade, mas que  vale a pena ver 😉

Sinopse:Existem mais de 300 assaltos a bancos por ano, em Boston. E um bairro chamado Charlestown tem produzido mais assaltantes do que qualquer outro sítio nos EUA. Um deles é Doug MacRay, que teve oportunidade de escolher outra vida, mas preferiu seguir as pisadas do pai e tornou-se o líder de um perigoso gang. A única família que Doug tem são os seus parceiros do crime, especialmente Jem, que ele considera um irmão. Contudo tudo muda quando no último trabalho, Jem faz um refém: a gerente do banco Claire Keesey. Quando eles descobrem que ela vive em Charlestown, Jem fica nervoso e tenta descobrir se Claire se apercebeu de alguma coisa. É aí que Doug interfere e começa a desenvolver uma relação com a gerente. Doug quer sair da cidade mas tem o FBI, liderado pelo Agente Frawley, cada vez mais perto, e o amigo Jem a questionar a sua lealdade. Doug tem agora de decidir se vai trair os amigos ou perder a mulher que ama.”

Anúncios
h1

OneRepublic – Secrets

Setembro 9, 2010

E enquanto se espera… OneRepublic – Secrets. Conheci esta música quando fui ao cinema ver “O aprendiz de feiticeiro” e já não saiu mais do ouvido.

Apreciem… deixem-se levar pela sua magia 😉

h1

Mamma Mia

Outubro 13, 2008

Tanto ouvi falar deste filme que ontem foi tempo de o ver. As minhas expectativas estavam bem altas e lá no fundo, não era bem aquele tipo de história que eu estava à espera de assistir.

Um musical divertido, com óptimos actores, mas faltou mais qualquer coisa, na minha modesta opinião. Talvez porque a história tenha sido escrita de forma a encaixar nas já existentes músicas e não o contrário. Apesar disso, não deixou de ser 1h e 38 min bem passados!  Aqui fica o trailer…

h1

August Rush

Junho 30, 2008

Ontem tirei o dia de folga, coisa que já não acontecia há muito por estes lados, mas que vai começar a acontecer mais vezes daqui para a frente. Foi dia de cinema caseiro. Tava com tantas saudades de ver um filme que vi dois quase seguidinhos… hihihi

Finalmente vi Cloverfield, mas não é desse filme que me vou referir neste post.

August Rush… Palavras para quê? Um filme cheio de melodia que evidencia a persistência, coragem e brilho de um menino de 11 anos que não desiste de encontrar os seus pais. Aqui fica o trailer e um conselho… Vejam o filme 😉

h1

88 minutos

Maio 24, 2008

 Estavam-me a dever uma ida ao cinema por causa deste filme. Convite feito e combinações em cima da hora resultaram em mais um fim de noite bem passado. Adorei 😉

O filme vê-se bem, mas confesso que tinha as expectativas bastante elevadas em relação a ele. Não é o melhor thriller de sempre (concordo contigo Pedro 😉 ), mas é um filme que nos prende ao ecrã. Aqui fica a sinopse:

“Jack Gramm (Al Pacino) é um professor que também trabalha como psicanalista para o FBI. Ameaçado de morte, ele tem apenas 88 minutos para descobrir quem é seu possível assassino. Entre os suspeitos estão Mike Stemp (Benjamin McKenzie) e Lauren Douglas (Leelee Sobieski), dois alunos problemáticos; Kim Cummings (Alicia Witt), sua amante rejeitada; e ainda Jon Forster (Neal McDonough), um assassino que está no corredor da morte.”

Dêem lá uma espreitadela ao trailler 😉

P.S.: Uma curiosidade… Quando é dito a Jack Gramm que ele tem apenas 88 minutos de vida resta exactamente este período para o fim do filme, incluindo os créditos finais. 😉

h1

O Tesouro encalhado

Abril 23, 2008

 Ontem foi noite de descomprimir com uma ida ao cinema. Eu merecia uma saída há muito… 🙂

O filme escolhido pela maioria foi “O tesouro encalhado”. Gostei, se bem que eu fui contra a opção, mas alguém me prometeu arranjar depois o “88 minutos”. É sempre mais um motivo para eu exigir uma nova ida ao cinema. hihihi

Obrigada pela noite de ontem 😉 mais uma vez… E Sergito, é difícil conseguir ficar zangada contigo… tu sabes disso 😉

Deixo aqui umas imagens do filme e a sinopse… As paisagens do filme são explêndidas… Que água… 🙂

“Ben “Finn” Finnegan é um surfista amador e bem intencionado que se assume como caçador de tesouros. Obcecado com a procura do lendário Dote da Rainha, 40 arcas de um tesouro exótico que se afundou em 1715, Finn deita tudo a perder com a busca, nomeadamente o seu casamento com Tess Finnegan e o seu ferrugento barco “Booty Calls”. Numa tentativa de refazer a sua vida, Tess emprega-se num mega-iate ao serviço do multi-milionário, Nigel Honeycutt, mas entretanto Finn descobre uma pista vital para o paradeiro do tesouro. Certo de que a sua sorte mudará com esta nova informação, Finn consegue introduzir-se a bordo do iate de Nigel. Valendo-se do seu bem-intencionado charme, Finn consegue convencer o magnata e a sua filha Gemma – uma jovem colunável totalmente dependente do seu Blueberry – a juntar-se a ele na busca do tesouro espanhol. Contrariando o que lhe diz a intuição, Tess volta a deixar-se contagiar pelo amor… da descoberta. Mas há mais quem cobice o tesouro… Moe Fitch, o mentor de Finn que vem a revelar-se seu inimigo, também se dispõe a reclamar o prémio…

h1

Sweeney Todd

Abril 6, 2008

sweeney ToddHoje Ontem (já passa da meia noite), foi tarde de ver um filme! “Seeney Todd: o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” foi o escolhido! Confesso que apesar da grande expectativa que tinha em relação a ele, fiquei desiludida 😦 Não achei grande piada à forma como o filme estava feito e ao desenrolar da história!  Um dia mau para ver um filme daquele género? Talvez! A crítica que tinha ouvido era bastante boa, mas pronto… Nem todos podemos gostar do mesmo… Talvez daqui a uns tempos volte a vê-lo e o ache mais interessante!

Mesmo assim aqui fica a sinopse:

“O barbeiro Sweeney Todd (Johnny Depp) é preso injustamente por determinação do juiz Turpin (Alan Rickman). Ao sair da cadeia, ele coloca em prática a sua vingança, reabrindo a barbearia e se tornando o Barbeiro Demoníaco de Fleet Street, porém seus clientes sempre desaparecem. Mrs. Lovett (Helena Bonham Carter) é uma famosa quituteira que se une ao barbeiro. Na verdade, ela é uma serial killer que usa os restos mortais de suas vítimas para assar tortas que viram a sensação de Londres. Com a nova parceria, os ingredientes são fornecidos por Sweeney Tood.”