Posts Tagged ‘amor’

h1

Amar teus olhos

Setembro 25, 2010

Podia com teus olhos
escrever a palavra mar.
Podia com teus olhos
escrever a palavra amar
não fossem amor já teus olhos.

Podia em teus olhos navegar
conjugar os verbos dar e receber.
Podia com teus olhos
escrever o verbo semear
e ser tua pele
a terra de nascer poema.

Podia com teus olhos escrever
a palavra além ou aqui
ou a palavra luar,
recolher-me em teus olhos de lua
só teus olhos amar.

Podia em teus olhos perder-me
não fossem, amor, teus olhos,
o tempo de achar-me.

De Carlos Melo Santos, em “Lavra de Amor”

Anúncios
h1

Christian, the lion

Setembro 10, 2008

Aconselharam-me ver este vídeo e confesso que foi uma boa dica 😉 De facto há sempre algo para nos surpreender… Quem diria que o selvagem seria domado pelo amor e carinho??? Aqui fica uma óptima lição para muitos seres humanos… Tá muito fofo mesmo 🙂

“love knows no limits and true friendship last a lifetime” 

Aproveito aqui para dizer que fiz uma visitinha, pela primeira vez, ao blog da Liliana e gostei muito 😉 Foi lá que espiei o vídeo hihihihi Aqui fica a publicidade Frogy Stories!! Visitem 😉

h1

Elogio ao amor puro – MEC

Setembro 2, 2008

“Parece-me que já ninguém se apaixona de verdade. Já ninguém quer viver um amor impossível. Já ninguém aceita amar sem uma razão. Hoje as pessoas apaixonam-se por uma questão de prática. Porque dá jeito. (…) Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo, o amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos canta no peito ao mesmo tempo?”

Elogio ao Amor Puro – Miguel Esteves Cardoso

 

Agora a minha versão deste elogio ao amor puro…

Eu acredito que ainda existam pessoas que se apaixonem de verdade. Que queiram viver um amor impossível. Que aceitam amar sem uma razão específica, porque simplesmente amam… Nada de questões práticas ou comodismos, mas sim o sentimento mais puro que pode ser o Amor. Aceitam-se paixões puras, saudades do tamanho do mundo, a tristeza por não estar ao lado daquela pessoa, o medo de a perder… Tudo isso se aceita porque sem todo esse turbilhão de sensações nada é vivido intensamente.

Princípes encantados não… mas pessoas especiais existem… 😉

h1

O Amor não se pode definir

Março 1, 2008

Um livro, um texto, uma frase…

Interpretações maiores se escondem por entre as simples palavras impressas nas imensas páginas de papel ou nos inúmeros trechos que aparecem no ecrã do pc. Costumavam dizer para eu não fazer tantos “filmes”, mas são essas interpretações que nos levam a entender o fundo de diversas questões…

Há aquela frase do momento, um pensamento mais acentuado, um trecho de um livro… E porque há palavras que não passam ao lado…

“O amor não se pode definir; e talvez esta seja a sua melhor definição. Sendo em nós limitado o modo de explicar, é infinito o modo de sentir; por isso nem tudo o que se sabe sentir, se sabe dizer: o gosto, e a dor, não se podem reduzir a palavras. (…) Os que amam não têm livre o espírito para dizerem o que sentem; e sempre acham que o que sentem é mais do que o que dizem; o mesmo amor entorpece a ideia e lhes serve de embaraço: os que não amam, mal podem discorrer sobre uma impressão, que ignoram; os que amaram são como a cinza fria, donde só se reconhece o efeito da chama, e não a sua natureza; ou também como o cometa, que depois de girar a esfera, sem deixar vestígio algum, desaparece.”
Matias Aires, in ‘Reflexões Sobre a Vaidade dos Homens e Carta Sobre a Fortuna’
h1

A equação matemática do Amor

Fevereiro 14, 2008

Hoje é um dia em que os corações se soltam… Afinal, ninguém vive sem paixão… E para os apaixonados por Matemática, ou para aqueles que simplesmente gostam de curiosidades… ou ainda… para aqueles que se querem declarar de uma forma… original… aqui fica uma sugestão matemática 😉 Resolvam lá a equação…

equacao

E para quem está um bocadinho enferrujado com a matemática… A solução…

resolucao

Apaixonem-se… Vivam cada momento.. Feliz dia dos namorados 😉

h1

Amo-te… em vários idiomas

Fevereiro 14, 2008

No dia dos namorados, está out por a girar o CD do Stevie Wonder “I just call to say I love you”. O que está in são as declarações em língua exóticas… Aqui ficam alguns exemplos; uma divertida lista 😉

cupidoÁrabe – Ib’n hebbak
Alemão – Ich liebe Dich
Búlgaro – Obicham te
Catalão – T’estim molt
Espanhol – Te quiero
Finlandês – Minä rakastan sinua
Francês – Je t’aime
Grego – S’ayapo
Húngaro – Szeretlek
Irlandês – Taim i’ngra leat
Italiano – Ti amo
Inglês – I love you
Japonês – Sukiyo
Russo – Ya vas liubliu
Sueco – Jag alskar dig

E a lista poderia continuar… mas ficam aqui só alguns exemplos. Usem e abusem, hoje e sempre… 😉

h1

14 de Fevereiro – Dia dos Namorados

Fevereiro 14, 2008

heart

Não há certezas de como nasceu a tradição do dia de São valentim.

Mas a história que mais se conta é que tudo começou durante o governo do imperador Claudius II. A celebração de casamentos estava proibida no seu reino, de forma a que um maior número de jovens se alistasse no exército. Apesar da proibição um bispo romano, Valentine, continuou a celebrar casamentos secretos. Quando descoberto, foi preso e condenado à morte, mas muitos eram os jovens que lhe enviavam bilhetes dizendo ainda acreditarem no Amor. Valentine foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270 d.C.

Sabias que no Japão há dois dias de São Valentim a festejar??

14 de Fevereiro para elas e 14 de Março é o dia de serem eles a retribuir os presentes…