Posts Tagged ‘Matemática’

h1

Significado dos números

Novembro 30, 2010

Ao folhear um livro de Matemática, encontrei por lá uma curiosidade interessante.

“Os filósofos e os matemáticos gregos da escola pitagórica atribuíram a cada número uma qualidade humana. Os números pares eram considerados femininos e os ímpares masculinos.  O “um”, tomado como origem de todos os números, não era considerado ímpar.

1 – representa a razão, por ser imutável;

2 – a opinião;

4 – a justiça por ser um quadrado perfeito (produto de dois factores iguais)

5 – o casamento, por ser a soma do primeiro feminino com o primeiro masculino.”

h1

TI-Nspire™ Touchpad

Novembro 1, 2010

Ficar colocada numa escola onde a máquina gráfica adoptada por TODOS os professores e alunos é da marca Texas, foi o empurrão que uma desde sempre utilizadora de CASIO precisava para fazer uma nova aquisição.

Em plena crise, lá abri os cordões à bolsa e fiz um investimento pela minha profissão e comprei a TI-Nspire™ Touchpad. Ainda não estou uma expert no seu manuseamento, mas já sei bem mais do que à uns dias atrás, se bem que continuo a achar que a CASIO é mais intuitiva (deve ser do hábito LOL ).

Em pesquisas pela net, porque acho que o manual de instruções falha ao dar as instruções sobre a máquina, principalmente para quem é completamente leigo na matéria, encontrei uns tutoriais bastante interessantes e úteis. Para quem quiser espreitar aqui fica o link:

Tutoriais TI-Nspire™
h1

A Matemática em horário nobre

Outubro 31, 2010

Alguém precisa ter umas explicações sobre o cálculo de percentagens. Erro grave a passar na televisão pública.

h1

Erritos

Outubro 31, 2008

Os erros que eu ouvi esta semana, dignos de registo (sim porque ouvi muitos outros mas tive de seleccionar os melhores 😉 ):

  1. 3:2=1
  2. Co-deficiente (em vez de coeficiente)

Quanto ao primeiro até me custou a crer quando a pessoa teimava em dizer que era verdade tal afirmação… Isto só mostra que cálculo mental é super importante!! E não… 3:2 não é igual a 1…

O segundo até teve piada… a língua portuguesa tem destas coisas… ouve-se mal, fala-se mal… hihihihi

h1

Boa questão matemática!

Julho 18, 2008

Alguém descobriu a questão matemática subjacente ao nosso país. Pena que seja assim… Mas enfim…

“Portugal é um país geométrico: é rectangular e tem problemas bicudos discutidos em mesas redondas, por bestas quadradas!”

h1

Pózinhos mágicos nos exames nacionais

Julho 7, 2008

Hoje finalmante sairam a público os tão famosos resultados dos exames nacionais. Se em alguns casos foi evidenciado o esforço levado a cabo durante todo um ano lectivo, em certas situações a pura sorte e a injustiça fizeram com que quem se “baldou” todo o ano, mas teve a sorte de encontrar um exame acessível na 1ª fase, encontrasse nas pautas afixadas uma nota igual ou superior a 10 valores.

Não sou a favor de exames dificílimos e selectivos, de maneira nehuma!! Muito pelo contrário. Acho que um exame final não deveria complicar a vida aos alunos, mas facilitismos em demasia também acho um exagero.

Condeno o motivo subjacente a este facilitismo exagerado… Querer mostrar que todas as medidas implementadas por este Governo no campo da Educação surtiram efeito! Subitamente, o sucesso foi atingido!! Por milagre, a média do exame de Matemática A dispara de 9,4 valores para um 12,5 valores (chegando mesmo aos 14 valores entre os alunos internos). Estes alunos é que adoram a Matemática!! hihihihi

Impossível comparar a melhoria do Ensino português tendo em conta as diferenças abismais entre o grau de dificuldade dos exames deste ano para os de anos anteriores. Pena que o Ministério continue a achar que esta melhoria se deve a “Mais tempo de trabalho e de estudo”, “provas de exame correctamente elaboradas, sem erros e com mais tempo para a sua realização [30 minutos extras]”, e ainda um “maior alinhamento entre o programa e o trabalho desenvolvido pelos professores”. Querem enganar quem??

De lamentar, na minha opinião, que o Ministério da Educação tenha transmitido aos alunos que afinal não vale a pena trabalharem tanto durante todo o ano lectivo. Afinal o exame pode ser bem mais fácil que os testes que fazemos durante o ano!!! Enfim… e é neste Portugal que vivemos!!

h1

Dia do Pi

Março 14, 2008

Número PiEra uma vez…
É assim que começa a história de um número que só será chamado Pi no século XVIII.

Porquê este dia? Pois bem, para aqueles que não sabem, ou até mesmo ara aqueles que não se lembram, uma aproximação do número pi é 3,14. Dia 14 de Março… hoje… Aí está a razão de se comemorar hoje o dia do Pi 🙂
O número tem uma história fascinante, que começou acerca de 4000 anos atrás. Inúmeros povos andaram à sua procura mesmo antes que chegassem a ter consciência matemática.
Como se sabe pi , é o número mais famoso da história universal, o qual recebeu um nome próprio, um nome grego, pois embora seja um número, não pode ser escrito com um número finito de algarismos. Representa a razão entre o perímetro do círculo e seu diâmetro.

São conhecidos, até ao momento, mais de 6 000 000 000 dígitos do número pi e Hiroyuki Goto estabeleceu um novo recorde mundial em 1995, ao recitar de cor as primeiras 42000 casas decimal do mesmo, gastando pouco mais de 9 horas.

h1

Os caracteres numéricos

Março 11, 2008

Os caracteres numéricos que usamos hoje têm uma origem árabe (provavelmente marroquina) e têm mais de mil anos. Uma explicação possível na fronteira entre a lenda e a história é a de que a erosão provocada pelo uso alterou-os ligeiramente, mas a ideia original parece ter uma explicação curiosa:

O “1” tem um ângulo
O “2” tem dois ângulos
O “3” tem três ângulos

O “0” tem zero ângulos!

números
h1

A equação matemática do Amor

Fevereiro 14, 2008

Hoje é um dia em que os corações se soltam… Afinal, ninguém vive sem paixão… E para os apaixonados por Matemática, ou para aqueles que simplesmente gostam de curiosidades… ou ainda… para aqueles que se querem declarar de uma forma… original… aqui fica uma sugestão matemática 😉 Resolvam lá a equação…

equacao

E para quem está um bocadinho enferrujado com a matemática… A solução…

resolucao

Apaixonem-se… Vivam cada momento.. Feliz dia dos namorados 😉

h1

Calvin & Mat

Fevereiro 12, 2008

Que professora de Matemática seria eu se não deixasse aqui no blog referências à minha disciplina preferida!?! Como tal, aqui estou eu a escrever mais um post ligado à Matemática 🙂 Desta vez resolvi postar uma vinheta do Calvin inspirada em números. Afinal, o humor também pode ser associado à tão temida… hihihi  

Calvin&mat

E como eu acredito que vale sempre a pena tentar lutar por alterar a imagem negativa desta disciplina, hão-de sempre por aqui aparecer uns posts alusivos ao mundo matemático, no qual eu me considero inserida 🙂

h1

Como calcular sem calculadora

Fevereiro 6, 2008

Amanhã será o primeiro dia com os alunos 🙂 E porque o espírito é bastante matemático por estes lados, nada como deixar aqui um vídeo que, a meu ver, mostra um lado original da tão temida disciplina. Afinal , estamos sempre a aprender 🙂 Aqui fica uma forma nova de fazer contas.

Experimentem com outros valores…  😉

h1

A Matemática segundo Jobim

Janeiro 4, 2008

A Matemática está por estes lados todos os dias… E desde pequena que eu dizia que um dia havia de ser professora… Pois bem… Ao preencher os papéis para a entrada na universidade deu-me a “loucura”, da qual não me arrependo nem um segundo, e lá coloquei a minha primeira opção: Matemática (Ensino), Universidade do Minho. Cinco anitos depois, aqui estou eu… de curso acabado… E nunca estive tão certa de que é isto que eu quero para o meu futuro, com todas as coisas más que eu sei que estão associadas à profissão. Mas qual a profissão perfeita?? Simplesmente não existe… looool

E porque a Matemática não é aquele bicho papão e até nas coisas mais bonitas a encontramos… aqui fica a prova disso 😉

“Pra quê dividir sem raciocinar
Na vida é sempre bom multiplicar
E por A mais B eu quero demonstrar
Que gosto imensamente de você
Por uma fracção infinitesimal
Você criou um caso de cálculo integral
E para resolver este problema
Eu tenho um teorema banal
Quando dois meios se encontram desaparece a fracção
E se acharmos a unidade
Está resolvida a questão
Pra finalizar, vamos recordar
Que menos por menos dá mais amor
Se vão as paralelas
Ao infinito se encontrar
Por que demoram tanto os corações a se integrar?
Se infinitamente, incomensuravelmente,
Eu estou perdidamente apaixonado por você.”
António Carlos Jobim/ Marini Pinto (1958)