Posts Tagged ‘momento’

h1

The Killers – For reasons unknown

Março 2, 2008

Ontem foi dia de estar com algumas pessoas importantes para mim. Momentos bem passados, momentos recordados… E como o passado não volta, só podemos tentar que o futuro não se desvaneça. Adorei estar com vocês 😉

Esta música não é recente, mas tocou estes dias por este lado, e a letra é o motivo porque a coloco aqui neste momento…

Existem coisas na vida que encaixam na perfeição… existem palavras que dizem muito…

“Well my heart, it don’t beat, it don’t beat the way it used to”

h1

Feliz :)

Janeiro 31, 2008

smileQuem espera sempre alcança… Tou muito feliz 🙂

Acho que posso dizer que neste momento estou bêbada de felicidade… Finalmente recebi o telefonema tão esperado e depois de alguns, … bastantes nãos em escolas públicas recebi hoje um SIM… É ter os meus alunos, a minha escola, nem que seja por pouco tempo… A concretização de um sonho… a realização profissional… o culminar de todas as expectativas depositadas neste ano 🙂

Enfim… Tou a explodir de felicidade e tinha de a partilhar com todos aqueles que por cá passam… Afinal, hoje é o meu momento 🙂

h1

Primeiro pensamento… do ano

Janeiro 3, 2008

Há momentos em que uma frase nos diz algo ou um pensamento ecoa mais alto… Por vezes sem razão aparente, outras vezes por tantos motivos…

Por essas, e talvez por mais algumas razões, decidi partilhar com quem por cá passa, o pensamento do momento 😉

“Às vezes é preciso que alguma coisa mude para continuar igual”

A interpretação da frase fica à imaginação de cada um… afinal os pensamentos têm alguma coisa de diferente…

h1

Gato Fedorento – Joe Berardo

Janeiro 2, 2008

A chuva cai sem parar… Parece que o ano novo não teve as melhores boas vindas, o sol escondeu-se. Se bem que eu adoro estar em casa e ver a chuva a bater forte na janela 🙂

Esta viragem de ano foi passada com a família que está todos os dias presente, rodeada dos primos mais pequenos. Muitas gargalhadas foram dadas e que saudades de ser pequena… LOL

Num dos muitos momentos passados, há alguém que se lembra de imitar um sketch do Gato Fedorento… mais propriamente um em que a figura central é o controverso Joe Berardo… e não é que a Luca teve mesmo jeito ao imitá-lo 😉 Mas piada, piada teve quando um pequeno, dos mais pequenos, se sai com esta: “F.A.I.C. – fuck you” hihihihihi

Vejam (ou revejam) e sorriam 😉

h1

Sara Tavares – Longe do Mundo

Dezembro 27, 2007

Quem já não se sentiu longe do mundo? Todos nós já tivemos desses momentos… E quando não os temos, damos o nosso ombro a quem por eles está a passar 😉 Esta música é simplesmente divinal. Costumo dizer que me transporta para outro mundo… Faz descobrir inspiração, por vezes, onde ela nem sequer existe… Palavras para quê??

“Longe do mundo, mas perto de ti”
h1

Plain White T’s – Hey There Delilah

Dezembro 22, 2007

Ontem o dia não foi perfeito (a perfeição não existe :p :p ), mas passei bons momentos. Relembrar a universidade, ver caloiritos a serem praxados… Que saudades desses tempos… meu terceiro ano… Acho que ainda não tinha a noção de que o tempo passava rápido e que tudo acabaria um dia… ou será melhor dizer que novas coisas começariam?? Ainda hoje acho que não sei a resposta…

Um dia para “matar” saudades ou para aumentá-las mais um cadito… Bigada às pessoas que me fizeram sorrir e sentir que valeu a pena lá ter ido, apesar de tudo 😉

As idas a Braga têm sempre algum efeito… Ainda estou por descobrir porquê… Há sempre uma música que marca a viagem de cerca de 45 km de ida ou de regresso a casa, e por incrível que pareça, desta vez, marcou ambas as direcções. Mas como há repetições na vida que não nos importamos que aconteçam… 🙂 Aqui fica a música que me marcou ontem e hoje de manhã…

“Don’t you worry about the distance
I’m right there if you get lonely”

h1

Parabéns

Dezembro 22, 2007

Hoje faz anos uma menina muito especial…

  • Alguém que eu já consegui pôr de quatro
  • Alguém que eu já consegui pôr a andar de pijama em plena rodóvia em Braga
  • Alguém que eu já consegui pôr a cozinhar uns pratos divinais
  • Alguém que eu já consegui pôr a sorrir 🙂

Betinha muitos parabéns 😉 E não fui só eu que consegui algumas coisas… tu conseguiste que eu não me esquecesse de ti… Tudo de bom neste e em todos os dias que por aí vêm.

Beijinhos muito grandes e bigada pelos momentos que partilhaste ontem 😉

h1

Existem amigos de todos os tamanhos…

Dezembro 20, 2007

Malas preparadas para a viagem de amanhã. Passear pelas ruas de Braga que devem estar lindas, como sempre, nesta época. Um dia inteirinho passado com pessoas das quais tenho imensas saudades. Saudades dos momentos, dos sorrisos, da partilha, dos olhares, da cumplicidade, enfim… saudades dos pormenores que fazem a diferença. Diferença essa que pode ser sentida de maneiras distintas, não deixando cada uma de ser verdadeira e autêntica. E porque hoje se pensa n’alguns amigos com uma certa ansiedade… 

“Uns são GRANDES…
Outros, nem tanto…
Porém, não importa o tamanho, os verdadeiros amigos sempre respeitarão o teu
modo de ser, mesmo que diferente…
Eles estarão lá quando precisares de um ombro amigo…
Ou de um Grande Abraço…
Um verdadeiro amigo se interessa por ti como tu realmente és…
Eles enxergam além do Preto e Branco para descobrir tuas verdadeiras
cores…
Mas, às vezes, basta um olhar…
Para fazer a tua própria música…
Ir contigo pra qualquer lugar…
Dar-te muito amor…
Amigos podem ser amigos para a vida inteira…
Porque bons amigos são difíceis de se achar, difíceis de deixar…
E, SOBRETUDO, IMPOSSÍVEL DE SE ESQUECER !!! “
h1

Momentos feitos de silêncio

Dezembro 17, 2007

Recebi este texto por mail (bigada Dina 😉 ) e não podia deixar de partilhar… Comentar o que aqui está escrito é complicado, porque cada palavra transmite-me muito… Talvez porque os momentos feitos de silêncio ultimamente sejam muitos… E o que é demais leva ao desespero por vezes… mas pronto… momentos e nada mais que isso… passam, repetem-se, mas nunca se esquecem…

Momento é por definição o instante irrepetível. A música é pois, ainda que de forma estranhamente paradoxal, a arte de tornar perene o momento… A música é a mágica fronteira que nos une. É o território infinito de sons e silêncios. Às vezes é o deserto, às vezes um frenético rio que palpita veloz por entre as margens das nossas mãos. O silêncio é a mais perfeita forma de música. Nele eu me escondo, me encanto e pernoito as palavras que te irão encontrar. O silêncio é a minha obsessão, a minha forma de te escutar. Eu sei que estás aí, que me ouves e me percebes. Sei que sentes os meus silêncios. Eles são os teus também.” 
  
Pedro Abrunhosa

h1

Uma aventura… :)

Dezembro 17, 2007

Aqui estou eu a pincelar as primeiras palavras neste cantinho, que espero que venha a ser não só meu, mas de todos aqueles que queiram partilhar infinitos momentos.

Uma aventura na qual resolvi entrar, não sabendo ao certo os riscos que estou a correr, mas com a certeza que valerá a pena… Quanto mais não seja para fazer algo diferente nos meus dias que às vezes parecem longos demais… Espero que os vossos sorrisos cresçam exponencialmente sempre que aqui entrem.. Vou tentar fazer por isso 😉